top of page

Sam Bird volta a vencer e fatura o primeiro triunfo da McLaren na Fórmula E

Com uma ultrapassagem de tirar o fôlego no final, Bird deixou para trás seu ex-companheiro de equipe e levou a McLaren ao lugar mais alto do pódio



A relação entre McLaren e Brasil, uma das mais fortes do automobilismo, ganhou mais um capítulo: Sam Bird venceu o E-Prix de São Paulo, conquistando a primeira vitória da NEOM McLaren na Fórmula E.


Após o triunfo de Sam Bird no Anhembi, o britânico quebra o jejum e volta ao topo do pódio. Sua última vitória foi em 11 de julho de 2021, na segunda prova do E-Prix de Nova York. Fato que ocorreu na sétima temporada da competição, quando Bird ainda corria com a Jaguar.


A marca McLaren tem muita força ao redor do mundo, mas o Brasil trata o time como se fossem da casa, e talvez sejam mesmo. Nossa história no automobilismo sempre acaba se cruzando com a da equipe inglesa. Vale ressaltar que dois de nossos três campeões mundiais de Fórmula 1, venceram pela McLaren.


Agora, depois de quase doze anos, um piloto guiando um carro papaya, volta a cruzar a linha de chegada em primeiro lugar em solo brasileiro. A última vez que isso havia acontecido foi em 2012, no GP do Brasil de Fórmula 1, com Jenson Button.


Como em um alinhamento milenar, tudo corroborou para que a primeira vitória da McLaren na categoria elétrica fosse diante de um público tão próximo do time. 20 mil pessoas puderam contemplar esse passo tão importante para a equipe, que vinha flertando com o pódio em algumas corridas.


Aliás, público esse que se manteve firme mesmo com os termômetros marcando 35 graus, uma das tardes mais quentes em São Paulo nos últimos anos. 


Bird no pit lane celebrando a vitória (Foto: Simon Galloway/Formula E)


Em seu segundo ano no Brasil, a Fórmula E volta a entregar uma prova repleta de ultrapassagens e disputas até o final. O pole position da etapa foi Pascal Wehrlein, que venceu Stoffel Vandoorne por apenas dois milésimos e largou da primeira posição.


Porém, na prova, a estrela de Sam Bird brilhou e o britânico liderou boa parte, mas acabou perdendo a primeira colocação para Mitch Evans, vencedor da etapa de 2023 do E-Prix de São Paulo. Porém, nos momentos finais, Bird que não descolou de Evans em nenhum segundo, avançou para ultrapassar o seu ex-companheiro de equipe e garantiu a vitória. 


''Foi uma corrida bastante disputada e com final emocionante! Espero que com esse pódio eu consiga buscar outros bons resultados na temporada. Tinha um objetivo no início do ano que era ganhar, mas não esperava vencer tão cedo'', comentou Sam Bird.


Esse foi o triunfo de número 12 de Bird na Fórmula E. Até a sétima temporada, ele era o único piloto a ter conseguido ao menos uma vitória por temporada. Após uma fase em baixa, o britânico se transferiu da Jaguar para a McLaren neste ano.


Pela ótica de Ian James, chefe da equipe, Sam Bird chega para agregar sua experiência na equipe, ajudando-os a identificar os pontos onde a equipe ainda pode evoluir. O E-Prix de São Paulo veio para consolidar essa parceria que tem tudo para render ótimos frutos.

Commentaires


bottom of page